Proj Mind.Altamente Adolescentes | mind

Projeto Mind.Altamente

Alegria e engajamento não são acidentais. São essenciais. Principalmente os mais jovens que hoje não se sentem estranhos com o estresse. Desde uma idade muito jovem, vivenciamos o estresse de vários tipos. Para alguns o estresse aparece com a pressão ao alcançar tarefas, para outros, sendo por privação econômica, dificuldade, nutrição insuficiente, cuidado inadequado com a saúde, para outros ainda, pode ser uma privação emocional ou recursos educacionais limitados. Não importa qual seja a circunstância, qualquer um destes fatores pode dificultar a habilidade do ser para aprender a viver sem ansiedade. O estresse tem um impacto desastroso em nossa vida. A Secretaria de Saúde irá oferecer um programa com o objetivo de auxiliar os adolescentes a  superar os obstáculos para uma vida produtiva e cheia de significado oferecendo práticas e visões simples que se tornam ferramentas para o gerenciamento das suas competências e  autocontrole. Ao mesmo tempo, o programa Altamente proporcionará um aprendizado único, na qual terão a oportunidade de florescer.

Nós podemos aprender a reduzir o estresse e a otimizar a capacidade de aprendizado do cérebro. O uso destas práticas na escola é uma investigação de ponta no campo do desenvolvimento cognitivo na neurociência, treino Mindfulness, aprendizagem Social e Emocional.

1- OBJETIVOS 

A Secretaria Municipal de Saúde como um meio de auxilio e promoção de saúde através da  Professora Gra, oferece, gratuitamente,  aulas de Mindfulness para adolescentes, na Academia da Saúde, através de currículos previamente desenvolvidos pelo programa MINDUP, nos Estados Unidos da América.

As aulas Altamente tem o objetivo de melhorar o comportamento e o aprendizado dos adolescentes, oferecendo um encontro semanal de 1 Hora.. Este programa oferece ferramentas emocionais e cognitivas para auxiliar os adolescentes a gerenciar suas emoções, comportamentos, reduzir o estresse, afiar e aumentar  a empatia e o otimismo.

2- OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Melhor foco e concentração

Aumento do senso de calma

Diminuição do estresse e ansiedade

Melhora no controle da impulsividade

Melhora na autoconsciência

Habilidade para lidar com emoções difíceis

Aumento da empatia e compreensão do outro

Desenvolvimento natural da habilidade de resolver conflitos

Autoconsciência

Acessar aos seus próprios sentimentos, interesses, valores, fortalecendo e mantendo a auto confiança.

 

Autogerenciamento

Regulando as emoções mesmo lidando com o estresse, controlando seus impulsos, perseverando, superando obstáculos.

 

Consciência Social

Entendendo perspectivas diferentes, tendo mais empatia com o outro, reconhecendo e apreciando semelhanças e diferenças.

 

Habilidades de Relacionamento

Mantendo relacionamentos saudáveis baseados na cooperação, resistindo a pressão social inadequada, prevenindo, gerenciando, e resolvendo conflitos interpessoais.

 

Realizando decisões sábias

Utilizando uma variedade de considerações, incluindo éticas, acadêmicas, normas relacionadas a comunidade para realizar escolhas e decisões.

Aprendizagem Social e Emocional

Agora é bem sabido que as habilidades sociais e emocionais, como a habilidade de gerenciar suas próprias emoções e se dar bem com os outros, desempenham papéis fundamentais para ser bem sucedido na vida.

3- JUSTIFICATIVA      

O Cérebro Estressado

 

A resposta do cérebro para o estresse é ligada à amígdala, uma pequena amêndoa e um grupo de neurônios profundamente no centro do cérebro. A amígdala serve como um filtro que regula nossos estados emocionais. Quando estamos calmos e em paz, o filtro é amplo e a informação frui facilmente até o córtex pré-frontal, onde as funções executivas tomam o seu lugar.

Por outro lado, quando estamos nos sentindo esgotados ou estressados, estas funções executivas, na qual provem o controle executivo, estão inibidas. Ao invés, é processado bem no ponto lute, voe ou congele. Neste caminho, o temor e a ansiedade efetivamente encerram sua alta ordem de pensamentos. Seus impulsos para fugir aumentam, ou seja, para se defender contra agressão física, este é um exemplo do seu corpo não se importando de “pensar sobre” ao que fazer – você reage sem pensar.

Eric Jensen, educador veterano e expert no cérebro, diz: O que é ser pobre com o cérebro das crianças é o que as escolas podem fazer sobre isto – ele relata sobre o estresse e seus efeitos no cérebro:

A biologia do estresse é simples de algumas maneiras e complexa em outras. Em um nível básico, a cada 30-50 trilhões de células em nosso corpo está vivenciando tanto o crescimento saudável quanto o nocivo. As células não podem crescer e deteriorar ao mesmo tempo. Idealmente, o corpo está em um equilíbrio homeostático: em um estado na qual as medidas vitais do funcionamento humano – batimento cardíaco, pressão arterial, açúcar no sangue e por assim em diante, estão em seu pleno funcionamento. Uma agressão é qualquer coisa que ameace e interrompe a sua homeostase – por exemplo – as críticas, negligências, exclusão social, falta de riqueza, falta de nutrição, uso de drogas, exposição a toxinas, abuso ou trauma. Quando as suas células não estão crescendo, elas ficam em um modo de diminuição e conservam seus recursos para um futuro ameaçado. Quando bilhões ou trilhões de células estão sob este estado, você pode enfrentar grandes problemas.

Estudo neurológicos de crianças abusadas ou negligenciadas revelaram alterações alarmantes no desenvolvimento do cérebro. Os hormônios de estresse, lute, fuja ou bloqueie que nossos corpos produzem em respostas para adversidades físicas e emocionais atrofiam as áreas que controlam o desenvolvimento emocional.

Um cérebro Feliz

Um cérebro Feliz trabalha muito melhor.

Quando estamos felizes e realmente engajados nas atividades que sentimos prazer (qualquer coisa desde pintar a jogar), nosso cérebro há um fluxo de dopamina, um neurotransmissor que também auxilia a lubrificar nosso filtro de informação e acelera pensamentos altamente poderosos em nosso córtex pré-frontal. A dopamina auxilia a ter nossas mentes prontas para o nosso desempenho máximo. De fato, apenas uma aprendizagem prazerosa estimula a fruição de dopamina.

O aumento do prazer da dopamina é maior quando os estudantes estão totalmente engajados com a sua aprendizagem e repletos de sentimentos positivos como o otimismo, gratidão, esperança, e todos estes sentimentos de bem-estar. As atividades de sala de aula aumentam imediatamente a liberação de dopamina incluem:

  • Participação de atos de gentileza;

  • Colaboração com os colegas;

  • Realização de escolhas e resolução de problemas;

  • Engajamento em atividade físicas como esportes, dança e jogos;

  • Aproveitamento e criação de esforços em disciplinas tais como música, arte, drama, leitura;

Claro, a dopamina também é liberada quando as pessoas são levadas para atividades de alto risco como drogas ou uso do álcool, promiscuidade, velocidade na direção e comer em excesso. Entretanto, quando os adolescentes aumentam o seu prazer a partir das atividades isto também promove a liberação de dopamina (Galvan, et al., 2006; Kann et al.,2006).

O Cérebro Mindful (the Mindful Brain)

O programa Altamente é dedicado para auxiliar os estudantes a aprofundar seu entendimento sobre os seus próprios processos mentais; o currículo começa com a introdução a fisiologia do cérebro. Uma vez que os estudantes se tornam familiarizados com as partes do cérebro e como as partes funcionam e interagem, eles carregam este conhecimento adiante dentro das explorações junto com o resto da experiência em sala de Aula. A prática central diária é recomendada e cada aula serve como um veículo na qual os estudantes podem ampliar a sua consciência das conexões entre o corpo e o cérebro, entre o que vai “dentro” e a sua atual experiência. O resultado desta melhoria na consciência é um grupo de estudantes resilientes na qual tem consciência dos seus impulsos, pensamentos, sentimentos, melhoria no comportamento, autoconfiança, prazer, e um senso de gerenciamentos dos seus próprios processos de aprendizagem.

O benefícios que são possíveis através do Programa.

 Ensinando e aprendendo Mindfully:

  • Melhoria nas habilidades de autocontrole e auto regulação do adolescente;

  • Fortalece a resiliência capacidade de tomada de decisões;

  • Reforça o entusiasmo dos estudantes para o aprendizado;

  • Aumenta o sucesso acadêmico dos estudantes

  • Desenvolve nos estudantes habilidades sociais positivas, como empatia, compaixão, paciência e generosidade.

  • Proporciona a sua sala de aula aprendizagem com alegria e otimismo

  • Reduz o conflitos entre os colegas

Nas aulas os temas abordados serão:

Unidade 1 - Focando

Aula 1- Como o seu cérebro funciona?

Aula 2- Atenção Mindful

Aula 3- Atenção Focada

Unidade 2- Formando seus Sentidos

Aula 4- Ouvindo Mindful

Aula 5- Vendo Mindful

Aula 6- Cheirando Mindful

Aula 7- Saboreando Mindful

Aula 8- Movimentando Mindful I

 Aula 9- Movimentando Mindful II

Unidade 3- Tudo é Atitude

Aula 10- Tirando uma Perspectiva

Aula 11- Escolhendo o Otimismo

Aula 12- Apreciando as Experiências Felizes

Unidade 4- Tendo ações Mindfully

Aula 13- Expressando a Gratidão

Aula 14-Agindo com Atos de Bondade

Aula 15- Tendo ações Mindful no Mundo

Gra Lemes 
Campanha-MG